UOL SexoUOL Sexo
UOL BUSCA

UOL Widgets


"Há 7 meses tive minha primeira relação sexual e desde então tenho relações freqüentes com meu namorado, mas até agora nunca gozei nem me masturbando, com sexo oral, nada. Será que sou frígida? Devo procurar ajuda psicológica ou isso é normal, devido a pouca experiência que tenho?
Não sei o que fazer pois às vezes finjo ter orgasmo para o meu namorado por causa da pressão que ele faz, mesmo sem querer, pois ele só quer gozar depois que eu gozo. Sinto-me frustrada e não aguento mais mentir para ele, só que não sei o que fazer, como me livrar dessa situação. Por favor me ajude."
O maior problema de você praticar o sexo e não sentir prazer, minha cara, é seu, e não de seu namorado.

E talvez ele nem faça essa pressão toda que você imagina! Já pensou que ele pode, simplesmente, querer que você tenha prazer? Isso não é pressão!

Então você já pode parar de fingir, não acha?

Em vez de você se preocupar com o fato de ser ou não frígida bem melhor é você procurar entender mais seu problema para tentar superá-lo.

Frigidez é uma palavra pesada que adquiriu hoje um tom pejorativo: em vez de identificar um problema passou a caracterizar uma falha, um defeito. E aí fica muito mais complicado se relacionar com essa questão.

Você diz que nunca gozou. Mas você se excita quando está com seu namorado, gosta de ser acariciada por ele, curte a intimidade? Você gosta de praticar o sexo com ele, mesmo sem gozar, ou faz isso apenas porque ele quer? Você fica à vontade quando está com ele?

Todas essas perguntas você deve se fazer em busca de conhecer melhor você mesma. E como é a cabeça o órgão sexual mais importante, é bom cuidar dela. Ela pode bloquear as reações do corpo aos estímulos eróticos, sabia? E se for isso o que está acontecendo, carinho nenhum que seu namorado fizer vai conseguir furar o bloqueio. Só tem uma pessoa que pode fazer isso: você mesma.

Pode ser, sim, uma boa você procurar uma terapia. Mas não é a única saída; se você conseguir ter mais intimidade com você mesma e com seu namorado, conseguir a cumplicidade dele para enfrentar o problema, também pode encontrar uma solução. O que não pode é você se sentir impotente frente a sua dificuldade.

(27/07/00)

ÍNDICE  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL

 GOSTOSAS DO MÊS

OU


Hospedagem: UOL Host