UOL SexoUOL Sexo
UOL BUSCA

UOL Widgets


"Minha mulher nunca quis saber de sexo diferente do tradicional papai-mamãe e isso me incomoda muito pois acho que uma relação completa não pode ter limites! Ela também não faz nenhum tipo de carinho no durante, e sexo entre nós acontece somente uma vez por semana, falhando algumas! Sou fiel, mas não aguento mais; me tira dessa! Quando fazemos sexo, ela gosta muito e sempre chegamos ao orgasmo, por isso não entendo o motivo da recusa!"
"Entre as quatro paredes vale tudo", "uma relação completa não tem limites", e por aí vai. Expressões como essas podem parecer muito sedutoras, mas a verdade é que elas não valem nada. Por quê? Simplesmente porque o exercício da sexualidade não diz respeito apenas a uma pessoa, ou a duas, como no seu caso.

A sexualidade é um produto sócio-cultural, ou seja, é uma vivência pessoal que está submetida a todas as regras, normas, leis, portanto limites (LIMITES!) que regulam o relacionamento entre as pessoas. Isso quer dizer que o comportamento de sua mulher tem a ver com outras coisas também, e não apenas com o que acontece entre vocês.

É bem provável que ela tenha aprendido, e ainda não tenha conseguido desaprender, que esse deve ser o comportamento sexual da mulher. E não é um orgasmo qualquer que consegue transformar esse conceito que ela tem, que talvez nem ela mesma tenha percebido que tem.

Se tem alguém que possa tirar você dessa, esse alguém é você mesmo.

Quem sabe conversando com sua mulher, expondo a ela as expectativas que você tem da vida sexual de vocês, dizendo que você também gosta de ser acariciado, de ser procurado, de se sentir desejado, ela possa começar a superar alguns limites que funcionam como barreiras entre vocês.

Mas algum limite sempre vai haver, já que você é um, e ela é outra!

(09/06/00)

ÍNDICE  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL

 GOSTOSAS DO MÊS

OU


Hospedagem: UOL Host